13 palavras francesas com origem no português

13 palavras francesas com origem no português

O lusitanismo, ou seja, empréstimo de palavras portuguesas numa língua estrangeira também é nítido na língua francesa. A expansão de Portugal permitiu a disseminação da língua e cultura portuguesa em todos os continentes, do Oriente à América e África.

A influência da língua portuguesa é amplamente percebida a partir da Idade Média, época de Afonso X, onde a cultura portuguesa irradiava por toda a Espanha e sul da França, construindo influências mútuas.

No entanto, a maioria dos “empréstimos linguísticos” ocorreu durante e após as Grandes Descobertas. Na época, Portugal era uma grande potência mundial, e o português era como língua franca do Atlântico ao Oceano Índico.

Estima-se que o idioma francês possua mais de cem palavras de origem portuguesa, isso inclui o português de Portugal e do Brasil, ainda que muitas dessas palavras tenham passado antes por línguas como a indiana ou japonesa.

A língua francesa e a portuguesa possuem a mesma origem, portanto, sua proximidade facilita o intercâmbio e a inserção de termos e palavras nas duas línguas. Conheça a seguir algumas destas palavras:

Bambou

Essa palavra, que descreve essa planta nativa da Ásia e da América do Sul, chegou ao francês através do português “bambu”.

Baroque

Embora a palavra já existisse em latim “baroco“, especialistas dizem que o termo foi introduzido ao francês pela palavra portuguesa “barroco”, onde significa “rocha de granito” e “pérola irregular”. em Artes, a palavra se refere a um estilo.

Brahmane

Sabe aqueles “monges” da Índia? Na realidade, o termo se refere aos homens da mais alta casta Hindu, que são responsáveis por ensinar os Vedas (Livros Sagrados do Hindu). O termo é original do sânscrito ब्राह्मण (“brāhmaṇa”), mas foi uma palavra encontrada pela primeira vez no livro de Marco Polo e chegou à língua francesa em 1333 através do português.

Cachalot

Esta palavra francesa chegou através do português “cachalote” ou “cacholote”, derivado de “cachola”, que significa “peixe com cabeça grande”.

Caravelle

As caravelas são embarcações rápidas que foram inventadas pelos Portugueses para a exploração marítima do século XV. Essa palavra chegou ao francês pela palavra “caravela”, que vem de “cáravo”, que significa “tipo de barco”, termo emprestado do latim “carabus“, “barco coberto com peles”. O termo chegou ao francês por volta do ano de 1438, como “caruelle“.

Caste

Este termo que se refere à divisão de classes sociais de uma sociedade, como no caso da Índia, vem do século XV, através da palavra portuguesa “casta”, que significa “raça”.

Cougar

Esta palavra tem uma origem muito remota, no português “cuguardo”, este que pegou emprestado da língua indígena tupi. O termo em tupi era susuarana, transformado em português em “cucuarana”, depois “suçuarana”, seguiu se transformando através dos séculos até chegar ao francês como “cougar em meados do século XVII.

É o nome francês dado aos pumas (felino de porte médio, que habita as Américas), a nossa onça-parda, também conhecida no Brasil por “suçuarana”.

Marabout

O termo francês que designa um religioso e um homem santo do mundo muçulmano, foi introduzido ao francês através do português “maraboto” (ou “marabuto”). No entanto, a língua portuguesa já tinha pego emprestado o termo do árabe مرابط (“murābiṭ”), que significa “sacerdote muçulmano de vida ascética, monge-soldado, seguidor de ordem religiosa”.

Paillote

São aquelas moradias feitas de palha, normalmente encontrada em países tropicais. A palavra chegou ao francês pelo português “palhota”, que tem o mesmo significado “casa coberta de palha”.

Pintade

Assim é como os franceses se referem à galinha-d’angola, ou melhor, à família de aves Numididae, onde a galinha-d’angola é o mais famosa representante. O termo vem do português “pintada”, de significado evidente por causa das cores do animal.

Fétiche

Palavra com origem no português “feitiço”, com significado de “artificial”, nome dado aos objetos de culto das populações da África, relatados durante a colonização deste continente, derivado do latim “facticius“.

Jaguar

De origem guarani “yaguara”, do tupi “ya’guara” ou “jaguara”, chegou ao francês através do português “jaguar”, significando “gato grande” (“grand chat“).

Japon

Com origem na palavra “japão, vinda pelo chinês 日本 (“País do Sol Nascente”, “País do Oriente”) pronunciada como “zeppen” em cantonês, relacionado ao indonésio “jepang” e “jepun” em malaio. Encontrado na forma de “zipangu” no italiano antigo, “zipangri” em francês antigo, encontrado nas escritas de Marco Polo como “cipango“, mesma origem que o português e malaio.


Original: Découvrez ces 10 mots français surprenants qui viennent du portugais (em francês) e Lusitanisme (Wikipedia).