O branco é a cor que reflete todas as luzes do espectro. Em francês, há incontáveis expressões em que o branco é utilizado para designar algo, o que nem sempre ocorre nas expressões correspondentes em português, por exemplo: blanc de poulet e houille blanche, que são traduzidas sem o recurso da cor: peito de frango e energia hidrelétrica, respectivamente.

Por outro lado, há expressões exatamente correspondentes nas duas línguas, como: donner carte blanche à quelqu’un, em francês “dar carta branca a alguém” e produits blancs, linha branca (referência aos eletrodomésticos como geladeira, fogão e lava-roupas, entre outros).

A cor branca é geralmente associada à referências positivas como “pureza, bondade”, como na expressão magie blanche (magia branca) e drapeau blanc (bandeira branca), símbolo de paz.

Mas também há referências negativas como na expressão faire chou blanc (se dar mal) e blanc de peur (branco de medo).

Em alguns contextos, blanc e branco são usados como contraposição a uma cor escura: raisin blanc / raisin noir (uvra branca / uvra preta), pain blanc / pain noir (pão branco / pão preto). Além disso, como o branco é o resultado de todas as cores, pode se colorir, apresentando variações como blanc bleuté (branco azulado) ou blanc jaunâtre (branco amarelado).

Veja a seguir alguns exemplos de expressões em que a palavra blanc e branco referem-se mais diretamente a essa cor, denotam a cor branca ou clara do objeto ou elemento.

Arme blanche
Arma branca

Blanc d’oeuf
Clara do ovo

Poivre blanc
Pimenta-do-reino branca

Sauce blanche
Molho branco

Viande blanche
Carne branca

Vin blanc
Vinho branco

Em arme blanche (arma branca), a cor faz referência à lâmina metálica cortante, no caso a faca, por exemplo, em oposição a arme à feu (arma de fogo). Sauce blanche é um molho preparado à base de manteiga e farinha de trigo, acrescido de caldo (peixe, frango, carne) ou de leite (puro ou em creme). Já viande blanche refere-se a toda carne que fica branca após o cozimento, como vitela, frango, porco ou coelho.

Mas nem sempre blanc e branco significam diretamente essa cor. Em muitas expressões, esses nomes de cores dão origem a diversas acepções que nada têm a ver com a cor em si. Algumas delas são previsíveis, remetendo no mais das vezes a contextos de pureza, limpeza, qualidade positiva e liberdade; mas outras não seguem essa mesma lógica.

Um exemplo de variação aparece em expressões nas quais blanc qualifica um nome, negando ou anulando as suas propriedades semântico-culturais, o que, em português, não será um campo exclusivo da atuação de branco.

Bulletin blanc
Voto em branco

Examen blanc
Exame preparatório

Nuit blanche
Noite em claro (não dormir durante a noite)

Mariage blanc
Casamento branco

Vers blanc
Verso branco

Voix blanche
Voz branca

Observe que há acima uma expressão onde blanc é equivalente ao nosso “preparatório” e “em claro”. Em mariage blanc ou casamento blanco há uma referência a inexistência da relação sexual e do amor previstos na consumação dessa celebração; em voix blanche ou voz branca, a ausência do timbre; em nuit blanche ou noite em claro, a falta do sono; em vers blanc ou verso branco, a ausência da rima; em bulletin blanc ou voto em branco, a abstenção do voto.

Há também situações onde o nome de um animal junta-se ao branco para referir-se a algo raro, como em Être connu comme le merle blanc, que trazemos para a mesma interpretação de “Ser como mosca branca”, o que expressa o fato de ser raro, difícil de encontrar.

Veja abaixo outras expressões com blanc:

Avoir carte blanche
Ter carta branca – Ter toda a liberdade para decidir alguma coisa. Essa expressão é usada para indicar que alguém recebeu autoridade ou liberdade total para agir como quiser em uma determinada situação.

Blanc bonnet et bonnet blanc
Dar na mesma, “trocar seis por meia-dúzia”, “se tanto faz como tanto fez”. É uma maneira de dizer que a escolha entre as duas opções é irrelevante, pois ambas levam ao mesmo resultado ou têm o mesmo impacto, a ideia de que a mudança da ordem não altera o produto.

Blanc comme un cachet d’aspirine
Em francês, literalmente: branco como um comprimido de aspirina, como cal, como barata descascada, branco de escritório – como alguém que não pega sol faz tempo. Expressão usada para descrever a cor da pele de alguém que não pega sol faz tempo. Outras comparações entre a cor da pele a cor branca aparecem em: blanc comme du lait (branco como leite), comme la neige (como a neve), comme la cire des cierges (como a cera dos círios), comme une colombe (como uma pomba). É também uma maneira poética de descrever algo ou alguém como limpo, inocente ou ileso, usando a cor branca como símbolo de algo imaculado e sem manchas.

Blanc comme un cadavre, un mort, un linge, un drap
Branco como um fantasma, cadáver, morto, defundo, roupa branca, lençol – representam figurativamente o estado de medo ou susto.

Col blanc*
Colarinho branco, engravatado, employé de bureau (funcionário de escritório). Referência ao crime, la criminalité en col blanc (crime do colarinho branco).

*Em francês, em alguns contextos, col blanc pode apenas designar aquele funcionário que está sempre limponho, bem vestido, em escritórios ou em lojas, em contraposição ao coloquial col-bleu (operário), literalmente: “colarinho azul”, que tem seu uniforme (em geral um macacão azul) manchado de graxa.

Cousu(e) de fil blanc
Pra boi dormir, mal feito(a), mal contado(a), falso(a). Expressão que vem de coudre de fil blanc (costurar com linha branca), o mesmo que faufiler (alinhavar), ou seja, juntar duas partes de tecido com agulha e linha branca antes de passar a costura definitiva. Uma histoire cousue de fil blanc, por exemplo, pode ser como “história alinhavada, mal contada” ou mesmo “pra boi dormir”, invoquer des prétextes cousus de fil blanc (inventar pretexto).

Connu comme le loup blanc
É como dizer que a pessoa é “tão reconhecida quanto um lobo branco”, a pessoa é muito conhecida.

Dire blanc et puis noir
Expressa o contraditório, “falar A e depois B”, “fala uma coisa e depois outra”. É uma forma de destacar a inconsistência ou a falta de comprometimento na comunicação de alguém.

Être entre le blanc et le clairet
Estar mais para lá do que para cá. Literalmente seria “estar entre o vinho branco e o tinto claro”, ou seja, être entre deux vins (estar entre dois vinhos).

Être cousu de fil blanc
Ser muito previsível.

Être blanc-bleu
Ter uma boa reputação.

Faire chou blanc (échouer)
Falhar

Faire quelque chose de but en blanc
Fazer alguma coisa sem se preparar, de improviso.

Faire une nuit blanche
Passar a noite “em branco” ou “em claro” sem dormir.

Marquer un jour d’une pierre blanche
Um dia que ficará na memória.

Mettre noir sur blanc
Pôr o preto no branco – deixar tudo claramente explicado, esclarecer uma situação.

Montrer patte blanche
Comprovar a identidade.

Manger son pain blanc
Estar em uma fase boa.

Oie blanche
Ingênuo(a).

Passer du blanc au noir
Mudar da água para o vinho, do dia para a noite – mudar de opinião.

Peur blanche
Muito medo.

Regarder quelqu’un dans le blanc des yeux
Olhar olho no olho, também como reflexivo se regarder dans le blanc des yeux, olhar para alguém para tentar dissipar qualquer dúvida ou para desafiar pelo olhar.

Se faire des cheveux blancs
Ficar “de cabelos brancos”, se preocupar.

Saigner à blanc
Explorar, extenuar.

Voix blanche
Voz sem timbre, sem vida.

Avance mais rápido com um professor

Aprenda francês online com um professor particular adequado ao seu orçamento e à sua agenda!

Ver professores de francês
Compartilhar