Conheça alguns dos insultos mais comuns da Roma Antiga do século I. Os palavrões ou palavras vulgares e desqualificadas para se usar em meio à sociedade também existiam no mundo dos romanos.

Vamos começar pela etimologia (origem da palavra) de ofensa, calúnia, desacato e xingar.

Ofensa vem do latim offendere, “atacar, desagradar”, formada por ob- “contra”, mais fendere, “investir contra, atacar”. Insultar do latim insultare, “atacar, pular sobre”, de in-, “em, sobre”, mais salire, “pular”.

Calúnia do latim calumnia, “acusação, malevolente, subterfúgio, disfarce”, de calvi, “enganar”.

Desacato vem de des-, com o sentido de “oposto, contrário”, mais capere, “tomar, agarrar”.

Xingar vem do Quimbundo xinga, “ofensa, desaforo, blasfêmia”.

Os romanos usavam uns palavrões ou xingamentos comuns, dentre os quais destacam-se estes:

Stulte!

Significado: inepto, sem juízo, insensato, sandeu, néscio, presunçoso, ignorante, idiota. Este era o insulto mais frequente em latim, para intensificar seu significado dizia-se stultissime. Palavrão dirigido a quem perdeu a capacidade normal de raciocinar.

Fatue!

Significado: tonto. Não tem o mesmo significado que idiota. Fatue era utilizado para se referir a alguém que não se inteirava das coisas, que estava por fora dos acontecimentos.

Bucco!

Significado: linguarudo, tagarela, fofoqueiro. Este é para se referir a uma pessoa que fala demais, e que não guarda nenhum segredo, conta coisas que não deveria contar. Bucco era um insulto considerado pesado, sério, e era muitas vezes combinado com caenum (sujo) para se dizer algo como “boca suja”.

Ructator!

Significado: arrotador. Os romanos insultavam muito em função da higiene e dos bons modos. Convenhamos que arrotar não é algo de bom gosto…

Matula!

Significado: cabeça oca. Matula era utilizada quando o insultado era considerado menos inteligente.

Spurce!

Significado: asqueroso. Por Júpiter! O que custa cuidar da higiene de vez em quando?

Crudelis!

Significado: cruel, insensível, desumano, truculento! Crudelissime! (muito cruel): insulto empregado contra alguém que tenha feito algo gravíssimo.

Perfide!

Significado: traidor, enganador, traiçoeiro, falso. Entre os romanos a fides significava a credibilidade que alguém adquiria quando cumpria de maneira correta seus compromissos. Este insulto serve para alcunhar o marido ou a esposa infiel, o que sonega a pagar um empréstimo, ao político que não cumpriu suas promessas.


Os palavrões latinos que aludem à falta de sensatez, que demonstram a tolice, a insânia do oponente, são:

Amens!

Significado: louco, perturbado, demente, doido, insano. Este insulto se dirige a quem é imprudente.

Caudex!

Significado: estúpido, bruto, burro, asno. Este palavrão se dirige ao adversário que possui uma cabeça dura, um cérebro de consistência pétrea.

Fanatice!

Significado: delirante, extravagante. Este é dirigido a quem se fixa num sistema doutrinário qualquer defendendo-o apaixonadamente.

Imbecillis! / Imbecille!

Significado: fraco, débil, idiota, sem noção, estulto, estúpido, abobalhado. Empregado contra quem sofre de firmeza intelectual, contra quem possui idade mental infantil. O étimo do termo é In + baculus = sem cajado, sem cetro, para se apoiar. Daí o sentido de fraco.

Nequissime!

Significado: velhaco, perverso, injusto, corrupto, torpe, imoral, libertino, desregrado, / indolente, fraco, inábil, / tratante, ímprobo. Usado contra vários vícios e condutas desregradas, desde as de mau pagador até às de sem-vergonha.

Stipes!

Significado: tolo, simplório, tonto, parvo, pateta, basbaque, babaca, disparatado. Usado na mesma linha do caudex.

Tanto caudex quanto stipes são substantivos que têm por acepção primária “tronco de árvore, raiz de árvore, pé de árvore, árvore”. Ambos, devido a esta acepção mesmo, foram usados como interjeições insultuosas para denotar a consistência lígnea — dura como a lenha, o tronco da árvore — do cérebro do adversário.

Stolide!

Significado: sem perspicácia, estólido, estúpido, desarrazoado, irracional, impertinente, inoportuno, molesto, enfadonho, incômodo, simplório. Insulto dirigido ao adversário que não compreende ou que possui deficiência intelectual que o impossibilita a discorrer, raciocinar, argumentar.

Stolo!

Significado: fátuo, sem juízo, vaidoso, presunçoso, fugaz, pretensioso. Usado contra quem se julga melhor que os outros, superior.

Stolo é um substantivo da área de botânica que tem a acepção primária de pimpolho, renovo, broto, vergôntea, que é a plantinha nova no seu estágio inicial de desenvolvimento, possuidora de um aspecto de fragilidade, fugacidade e, até mesmo, de pretensão, em relação à planta desenvolvida. Daí sua aplicação como interjeição injuriosa.

Os palavrões latinos que recorrem às metáforas do mundo animal são:

Hirce!

Significado: fedido, fedorento, imundo, / luxurioso, carnal, lascivo. Palavrão dirigido a quem tem cheiro ruim e a quem é dado aos desregramentos sexuais. O termo de injúria provém de hircus = bode.

Pecus!

Significado: bruto, asno, besta, sem capacidade, estúpido. Usado contra quem não possui virtude intelectual para receber conhecimentos e/ou fornecer argumentos. Vem de pecus = animal doméstico, gado miúdo.

Sus!

Significado: porco, sujo, imundo / ignorante, estúpido. Palavrão que denota o ser sujo e sem capacidade intelectual. Sus, em latim, é porco, porca.

Vervex!

Significado: estúpido, árido, pesado, insuportável, excessivo, exagerado, incivil, grosseiro.
Empregado para o desprovido de sensibilidade, educação e bons modos. O termo vervex significa carneiro castrado.

Os palavrões latinos que recorrem ao mundo dos insetos e dos batráquios são:

Bufo!

Significado: burlesco, farsesco, grotesco, cômico, ridículo, caricato. Empregado para quem faz traquinagens ou provoca riso. Vem de bufo = sapo.

Cimex!

Significado: explorador, gigolô, rufião, proxeneta, cafetão. Usado contra quem vive na dependência de outro. Cimex é o percevejo, parasita que se hospeda em seres humanos.

Hirudo!

Significado: sanguessuga, sugador, rapinador, vampiro psíquico. Usado contra quem extenua, suga, rouba física ou psicologicamente valores dos outros. O nome hirudo é sanguessuga, animal anelídeo que se alimenta do sangue alheio.


Os palavrões que censuram costumes sexuais são:

Cinaede!

Significado: obsceno, torpe, desonesto, lascivo, descarado, dissoluto, impudico. Termo injurioso usado contra quem é luxurioso, lascivo, amante de vida sexual promíscua.

Impudice!

Significado: desonesto, descarado, impudico, torpe, imoral, impudente, desavergonhado, devasso. Palavrão empregado contra quem é moralmente dissoluto.

Mentula!

Significado: cacete, porra, caralho, caramba. Palavrão usado para expressar surpresa, sofrimento ou insatisfação. Vem de mentula = pênis, membro viril.

Pathice!

Significado: torpe, obsceno, procaz, sórdido, soez. Tem o mesmo uso de cinaede.

Spado!

Significado: infértil, eunuco, gay, mole, broxa, impotente, castrado. Palavrão dirigido a quem não consegue ingurgitar o pênis para manter relação sexual naturalmente.


Os palavrões de cunho escatológico ou obsceno são:

Cacate! / Cacator!

Significado: vá cagar! (primeiro termo) / cagão, medroso, fraco, covarde.

Cunnus!

Significado: desonesta, prostituta, garota de programa, meretriz, rameira. Palavrão usado contra as mulheres que oferecem sexo em troca de pagamento.

Futue te ipsam!

Ou também na forma Futue te ipsum! Significado: vá se foder! É um xingamento que significa “dane-se”, “vá se danar”.

Merda! / Merdose!

Significado: merda, bosta. É uma interjeição que expressa descontentamento.

Sordes!

Significado: sujo, imundo, esquálido, ignorante, imundo, mesquinho. Termo usado contra quem é despudorado e/ou vive na imoralidade.


Os palavrões que servem para desprezar um ser adversário são:

Pusille!

Significado: fraco, tímido, micróbio, acanhado, inseguro, medroso, inibido. Empregado contra quem não tem disponibilidade e agilidade nas ações.

Vetule!

Significado: antiquado, obsoleto, arcaico, anacrônico, ultrapassado. Usado para quem não acompanhou as tendências da modernidade.


Finalmente, os nomes de partes do corpo humano usados como palavrões:

Clunes

Significado: bunda, nádegas, rabo, traseiro. É o nome de ambas partes carnudas e esféricas que ficam acima das coxas.

Culus

Significado: cu, ânus, nome do orifício final do intestino. Em latim, intestino é colon, vindo daí culus. Cu, portanto, é o intestino em sua parte terminal. Outro nome é Podex.

Cunnus

Significado: buceta, xoxota, xana, pitrica, ximbica, chavasca, xavasca, conas, nome da vulva ou vagina. Daqui o cunilingua, o nome oficial do sexo oral que um homem realiza em uma mulher. Note também que um dos nomes vulgares é conas, provindo de cunnus.

Mamma

Significado: peito, teta, mama, seios, úbere, nome da parte do tronco entre o pescoço e o abdome. Outros nomes são: Pectus e Sinus.

Mentula

Significado: caralho, pênis, pica, nome do órgão sexual masculino. Outros nomes latinos são: Penis, Veretrum, Verpa. Há, também, Phallus, nome de origem grega.


Fontes: Paulo Barbosa e El Fisgón Histórico (em espanhol)

Avance mais rápido com um professor

Aprenda idiomas online com um professor particular adequado ao seu orçamento e à sua agenda!

Ver todos os professores →
Compartilhar