O que é “cringe”? Entenda seu significado

O que é “cringe”? Entenda seu significado

A palavra tem origem inglesa e trata-se de uma gíria para se referir às situações “desconfortantes” e “constrangedoras”, cringe também está sendo utilizada para classificar pessoas que fazem coisas fora de moda, ultrapassadas, cafonas ou mesmo bregas…

O termo ficou popular nas redes sociais recentemente para se referir a algo “vergonhoso”, que causa a famosa “vergonha alheia” ou “desprezo” em tradução livre. A gíria vem sendo utilizada em discussões entre as gerações “Milennials” e “Geração Z” para justificar costumes e atitudes.

As características, modos de pensar e agir dos pertencentes às duas gerações estão sendo questionados e associados a serem desconfortantes ou antigos.

Pessoas nascidas entre as décadas de 1980 e 1990, os “Millennials” ou “Geração Y”, se diferenciam de quem faz parte da “Geração Z” — também denominada “GenZ”, “pós-Millennials”, entre outros —, que são pessoas nascidas a partir dos meados da década de 1990.

Ser cringe, segundo essa onda na internet, é fazer coisas que muitos millennials fazem, como usar calça skinny e gostar da série Friends.

Em inglês, cringe é um verbo que significa mudar a expressão facial quando sentimos nojo ou medo. O adjetivo derivado para falar que algo é vergonhoso é cringey ou cringeworthy.

O cantor Ritchie, chegou a tentar explicar o termo. “Cringe é um verbo inglês, não um adjetivo. Dizer que fulano é cringe não faz sentido algum. No máximo, poderia se dizer que fulano é ‘cringeworthy’ (digno de desgosto, asco ou desprezo). De nada”, escreveu no Twitter.

Mas de onde veio o cringe?

A palavra inglesa é um verbo. E possui dois significados, segundo o dicionário Cambridge:

  • sentir-se muito envergonhado ou constrangido;
  • encolher-se ou recuar com medo de alguém ou algo que pareça poderoso e perigoso.

Via Techtudo, G1, Folha e Cambridge.org