“Lágrimas de crocodilo” é uma expressão idiomática utilizada para descrever um “choro fingido”, indicando que o choro de alguém é falso ou hipócrita. Isso significa que, apesar das aparências, a pessoa não está verdadeiramente triste, que está fingindo um sentimento de tristeza.

Historiadores e biólogos apontam que a origem da expressão é baseada na observação dos crocodilos na natureza. Esses répteis, ao capturar uma presa, mordem-na com tanta força e a engolem inteira, sem mastigar. Nesse processo, precisam abrir muito a boca, o que faz com que a mandíbula comprima as glândulas lacrimais, levando-os a lacrimejar. Assim, embora pareça que o crocodilo chora ao devorar sua caça, as lágrimas são puramente mecânicas, obviamente sem emoção ou sentimento envolvido.

A expressão surge, portanto, da ideia de que, assim como as lágrimas do crocodilo não significam tristeza ou remorso pela sua presa, as “lágrimas de crocodilo” humanas também não representam verdadeiro sofrimento, sendo muitas vezes apenas um fingimento. Uma pessoa que chora “lágrimas de crocodilo” é vista como hipócrita e aproveitadora, tentando ganhar a confiança das pessoas, fingindo se importar com os problemas alheios, quando, na verdade, está apenas pensando em si.

Avance mais rápido com um professor

Aprenda idiomas online com um professor particular adequado ao seu orçamento e à sua agenda!

Ver todos os professores →
Compartilhar