Museu na França

Certificações que comprovam o domínio da língua francesa

Saiba como funcionam os testes oficiais de proficiência em francês, para que servem e quais são as pontuações possíveis. Existem várias possibilidades de se testar oficialmente as capacidades de domínio da língua francesa.

Ter um diploma que atesta o seu nível de francês é um documento essencial para poder estudar na França, seja para um intercâmbio da sua faculdade aqui no Brasil com a França, seja para uma graduação, mestrado ou doutorado na França.

Mais do que simplesmente atestar o seu nível de francês no currículo, o que mais conta para os empregadores é a comprovação do nível de língua. Por isso, ter um diploma oficial de francês pode te abrir portas no mercado de trabalho franco-brasileiro e europeu. Afinal, o francês é a quinta língua mais falada do mundo.

Os exames de proficiência são aplicados com base no Cadre Européen de Référence, que divide o conhecimento da língua em três categorias A, B e C, sendo:

  • A1: Falante iniciante
  • A2: Falante de nível básico
  • B1: Falante intermediário
  • B2: Usuário independente
  • C1: Falante com domínio do idioma
  • C2; Falante com domínio pleno do idioma

Provas Oficiais

As provas oficiais de proficiência em francês são:

DELF – Diplôme d’Etudes en Langue Française
DALF – Diplôme Approfondi de Langue Française
TCF – Test de Connaissance du Français
TEF – Test d’Evaluation de Français

O DELF e o DALF (Diplôme d’études en langue française e Diplôme approfondi de langue française) são diplomas oficiais emitidos pelo ministério francês da Educação nacional para comprovar a proficiência em francês dos candidatos estrangeiros.

Eles são compostos por seis diplomas independentes que atestam diferentes níveis linguísticos nas quatro competências. O DELF é o diploma que vai do nível A1 ao B2 e DALF do C1 ao C2. Esses diplomas não têm data de validade, eles possuem validade vitalícia, ou seja, são válidos por toda vida.

O TCF (Test de connaissance du français) é o teste oficial do ministério da educação nacional. O teste é concebido pelo Centre international d’études pédagogiques (CIEP) e, em alguns países, algumas etapas podem ser feitas on-line e à distância. Os resultados do TCF são válidos por dois anos.

O TEF (Test d’évaluation du français) é um instrumento internacional de avaliação difundido pela CCI da região Paris Ile-de-France. Esse teste avalia o nível de conhecimento e competência em francês em uma escala de 0 a 7. Disponível em versão eletrônica, o resultado é imediato. Você pode realizar o TEF quantas vezes desejar.

A diferença entre os diplomas

O DELF e o DALF distinguem-se do TCF e do TEF por serem diplomas de língua francesa, ao passo que os outros dois são atestados de língua francesa.

O exame para a obtenção do DELF é destinado aos estudantes de nível intermediário de francês, enquanto o DALF é somente para os estudantes de nível avançado.

Além disso, uma outra diferença importante refere-se ao prazo de validade. Os diplomas não têm prazo de validade, enquanto os atestados têm validade de 2 anos (TCF) e 1 ano (TEF).


DELF (Diploma de Estudos de Língua Francesa)

Diplomas oficiais do Ministério da Educação Nacional da França para certificação de francês língua estrangeira reconhecidos internacionalmente. Os diplomas podem ser obtidos com fins apenas pessoais ou de estudo, trabalho ou imigração para um país francófono. São 6 diplomas independentes uns dos outros e correspondem aos 6 níveis do padrão europeu.

O DELF é um exame de proficiência para a língua francesa. É composto de 4 partes: compreensão escrita, compreensão oral, produção oral e produção escrita. É dividido em 4 níveis, são eles:

DELF A1: avalia os conhecimentos iniciais do aluno na língua francesa. Nesta etapa, a compreensão oral possui duração de 15 minutos, a compreensão escrita de 30 minutos, a produção escrita de 30 minutos e a produção oral dura de 5 a 7 minutos, sendo que o candidato possui 10 minutos de preparação. Neste estágio, o aluno é capaz de interações simples, como falar dele próprio e de seu universo imediato. (+/- 100h de estudo do idioma)

DELF A2: neste nível o candidato é considerado um ator social, sendo uma seção simples, onde o aluno deverá ser capaz de realizar ações simples do dia a dia. A compreensão oral possui duração de 25 minutos, a compreensão escrita dura 20 minutos, a produção escrita tem duração de 45 minutos e a produção oral dura de 6 a 8 minutos, com 10 minutos de preparação. O candidato é capaz de interagir de maneira simples na vida quotidiana (cumprimentar, pedir informações, etc.) (+/- 200h de estudo do idioma)

DELF B1: nesta fase, o usuário torna-se independente. Ele é capaz de interagir, compreender, conversar, dar seu parecer, sua opinião. É capaz de resolver situações imprevistas da vida quotidiana. (+/- 400 de estudo do idioma). Ele deverá ser capaz de discutir e interagir com situações imprevistas do dia a dia. Nesta etapa a compreensão oral dura 25 minutos, a compreensão escrita 35 minutos, a produção escrita 45 minutos e produção oral 15 minutos, com mais 10 minutos de preparação.

DELF B2: neste nível, o usuário adquiriu um grau de independência que lhe permite argumentar para defender sua opinião, desenvolver seu ponto de vista e negociar, mostrando-se à vontade e corrigindo seus próprios erros. (+/- 600h de estudo do idioma)

O certificado abrange quatro níveis, A1, A2, B1 e B2. Todos os níveis têm teste de leitura e prova escrita, compreensão oral e expressão oral. Consulte o site oficial


DALF (Diploma Aprofundado de Língua Francesa)

O DALF é uma continuação do DELF, sendo que neste exame o candidato deverá ter um domínio avançado do francês. O aluno que possui um diploma DELF não necessita realizar exames linguísticos ao ingressar em universidades francesas.

O DALF atesta um domínio aprofundado em francês perante estabelecimentos e empresas na França ou nos países de língua francesa. Existem quatro tipos de DALFs, cada um verifica conhecimentos específicos: Vida Cotidiana; Vida Cultural e Artística; Ciências Humanas e Sociais; e Ciências Econômicas e Jurídicas. Existem dois níveis e dois diplomas: o DALF C1 e C2.

DALF C1: neste nível o candidate deverá ser capaz de se comunicar livremente, usando um discurso claro e um vocabulário extenso.

DALF C2: neste nível o aluno deverá se expressar com precisão e utilizar um vocabulário avançado, realizando tarefas acadêmicas.

O certificado avançado tem dois níveis, o C1 e C2, o mais alto. Todos os níveis têm teste de leitura e prova escrita, compreensão oral e expressão oral. Consulte o site oficial


TCF (Teste do Conhecimento do Francês)

O TCF é o exame de proficiência na língua francesa realizado pelo Ministério Francês da Educação Nacional. É destinado a todos que não sejam nativos do idioma e desejam avaliar seus conhecimentos no mesmo. Não é um diploma, e sim um atestado da língua francesa.

Trata-se de um teste destinado ao público não francófono que deseja validar de maneira simples, fiável e rápida seu conhecimento de francês.

Esse teste padronizado e mensurado foi concebido e é administrado pelo CIEP (Centre International d’Études Pédagogiques) que fornece um atestado classificando o candidato em um dos 6 níveis da escala de competências definida pelo Conselho da Europa (Quadro europeu comum de referência para as línguas), que vai do nível A1 ao nível C2.

Legenda de níveis e pontuação:

  • A1: elementar, de 100 a 199 pontos.
  • A2: elementar avançado, de 200 a 229 pontos.
  • B1: intermediário, de 300 a 399 pontos.
  • B2: intermediário avançado, de 400 a 499 pontos.
  • C1: superior, de 500 a 599 pontos.
  • C2: superior avançado, de 600 a 699 pontos.

O TCF constitui-se em um instrumento ao serviço dos intercâmbios internacionais e da mobilidade profissional e tem validade de 2 anos.

O nível mínimo exigido para fazer uma graduação é o nível B1 (intermediário 1), ou seja, a nota 300 a 399 pontos de 600. O nível mínimo exigido para fazer uma pós-graduação ou um doutorado é o nível B2 (intermediário 2), ou seja, a nota 400 a 499 pontos de 600.

Não há um número limitado de vezes para prestar o TCF, mas é necessário aguardar 60 dias entre uma sessão e outra.

Dois tipos de TCF para estudos na França são aplicados em diversas Alianças Francesas do Brasil:

TCF DAP (Demande d’Admission Préalable)

O TCF DAP acontece apenas uma vez ao ano, em janeiro/fevereiro de cada ano, e se destina exclusivamente aos candidatos estrangeiros que estão preenchendo uma Demande d’Admission Préalable (DAP). A DAP consiste em um formulário de candidatura ao primeiro ano de graduação em uma universidade francesa (Dossier Blanc) ou a qualquer nível de estudos em uma Escola Nacional Superior de Arquitetura (Dossier Jaune).

Nesse caso o candidato deverá apresentar-se às provas obrigatórias do TCF (compreensão oral, estruturas da língua, compreensão escrita), assim como a uma prova de expressão escrita específica para a DAP. A duração do teste é de três horas.

  • Compreensão oral: 25 min
  • Estrutura da língua: 20 min
  • Compreensão escrita: 45 min
  • Expressão escrita: 1h30

TCF TP (Tout Public)

Se o candidato deseja prosseguir seus estudos universitários na França ou candidatar-se a uma pós-graduação, ele deve consultar o site da instituição de ensino de sua escolha para se informar a respeito da exigência linguística.

  • Compreensão oral: 25 min
  • Estrutura da língua: 20 min
  • Compreensão escrita: 45 min
  • Expressão oral: 15 min (prova facultativa)
  • Expressão escrita: 1h45 (prova facultativa)

As sessões são realizadas anualmente nas Alianças Francesas do Brasil. O teste é composto de provas obrigatórias e complementares:

Obrigatórias: compreensão oral, estruturas da língua e compreensão escrita

Facultativas: expressão oral e expressão escrita

Estudantes que já possuem o diploma DELF B2 ou DALF C1 ou C2 não necessitam realizar o TCF, desde que cumpram a exigência de nível de francês requerida pela instituição de ensino escolhida. Cada instituição tem autonomia para definir o nível de francês exigido, podendo variar de acordo com o curso e o nível de estudos.

Titulares de um diploma de baccalauréat français também estão dispensados de apresentar um teste de proficiência.

TCF pour l’accès à la nationalité française

O TCF para obtenção da nacionalidade francesa aprova o seu nível de francês num âmbito de exigência para obtenção da nacionalidade francesa.

TCF Québec

Esse teste foi concebido especificamente para que têm o projeto de dar entrada num dossiê de imigração junto a um Bureau de Imigração do Québec.


DAEFLE (Diplôme d’aptitude à l’enseignement du français langue etrangère)

O DAEFLE é indicado a quem está se preparando para dar aulas ou que já dê aulas de francês a um público não francófono na França ou no exterior.

Os conteúdos da formação são orientados para a prática de ensino, e os cursos são alternados entre leituras teóricas, atividades sobre documentos e exercícios de aplicação.

Um acompanhamento através de um tutorado on-line, assegurado por professores-formadores, completa com eficácia os suportes do curso e ajuda a você ao longo da sua formação a adquirir os conhecimentos e as competências ligados à profissão.

O DAEFLE é resultado de uma parceria entre a Aliança Francesa de Paris Île-de-France e o Centro Nacional de Ensino à Distância (CNED). Você pode seguir esta formação aonde quer que você esteja no mundo! Acesse o site da Alliance Française de Paris Ile de France para mais informações.


Como faço para me candidatar?

A Aliança Francesa é a única instituição no Brasil autorizada a aplicar com exclusividade os exames de reconhecimento internacional do Ministério Francês da Educação Nacional.

Para se candidatar a qualquer nível de DELF é preciso comprovar na hora da inscrição que a sua nacionalidade não é de um país onde o francês é a língua oficial.

Confira os demais requisitos, prazos de inscrição, normas, documentos necessários e as formas de pagamento do exame no site da Aliança Francesa. Consulte o site oficial


Fontes:
Universidades Francesas
Estudar Fora
CampusFrance.org
Como avaliar a fluência no idioma da França