100 gírias e expressões argentinas

100 gírias e expressões argentinas

Conheça algumas expressões comuns dos nossos hermanos, um verdadeiro dicionário de termos porteños.

Expressões argentinas

che: chamar a atenção de alguém

machete: cola, papel usado clandestinamente nas provas

fichar: olhar, observar cuidadosamente

sanatear: falar muito e sem fundamentos, falar besteiras

cola: bunda, nádegas

viandazo: pancada, golpe, batida

ir al sobre: ir dormir

al toque: imediatamente, rapidamente, depressa

lija: fome

a los pedos: rapidamente, depressa

a la marchanta: descuidadamente, sem cuidado

pachanga: festa, celebração

tuca: ponta, guimba do cigarro de maconha

chumbazo: tiro, disparo

salado: algo caro (salgado)

falopa: droga (cocaína)

marote: cabeça

marote: cabeça

chiva: barba

julepe: susto

lolas: peitos, seios da mulher

chivo: fedor nas axilas, cecê

mamerto: idiota, bobo, imbecil (ofensivo)

catrera: cama

borrego: criança, moleque (depreciativo)

lompa: calça

pupo: umbigo

pancho: cachorro quente, hot dog

ganso: idiota, bobo, imbecil

bocha: sinônimo de “muito”

forro: camisinha, preservativo

paja: preguiça

cachar: entender, compreender

cachar: entender, compreender

trola: prostituta, mulher fácil

chapar: beijar

trolo: homem homosexual, bicha, boiola, baitola

papear: comer

pucho: cigarro

picado: bêbado, embriagado

manuela: masturbação, punheta

mina: mulher, garota

vago: garoto, rapaz, usa-se mais como jovem no norte do país

capocha: cabeça

apolillar: dormir

torrar: dormir

rata: tacanho, avarento, pessoa sovina

tacho: taxi

rengo: manco, coxo

placard: guarda-roupas

pochola: vagina, xoxota, parte íntima da mulher

gauchada: favor, boa ação

pajita: canudo

yuta: polícia

chorear: roubar

faso: cigarro

pelado: careca

pochoclo: pipoca

pico: beijo com os lábios juntos e fechados

piola: pessoa esperta, inteligente

papo: vagina, xoxota, parte íntima da mulher

culo: sorte

pileta: piscina

maraca: homem homosexual, bicha, boiola, baitola

pajero: punheteiro

tararira: pênis

boliche: discoteca, boate, balada, local para dançar

morfar: comer

morfi: comida

brazuca: brasileiro(ra)

trucho: algo falso, pirata, não autêntico, imitação.

boludo: idiota, bobo, imbecil

fajar: bater

amarrete: tacanho, avarento, pessoa sovina

fiaca: preguiça

bardo: confusão, desordem, problema.

gamba: perna

chota: pênis

concha: vagina, xoxota, parte íntima da mulher

guita: dinheiro, grana

mango: dinheiro argentino (peso)

pedorro: algo de baixa qualidade

transar: beijo na boca (de língua)

gratarola: grátis, gratuito

bardear: insultar, humilhar

plata: dinheiro, grana

ojete: ânus, cu

pancho: idiota, bobo, imbecil

pija: pênis

pelotudo: idiota, bobo, imbecil (ofensivo)

garchar: transar, ter relações sexuais, fazer sexo

poronga: pênis

telo: motel

gil: bobo, estúpido, imbecil

laburo: trabalho, emprego

pedo: porre, bebedeira

laburar: trabalhar

gato: prostituta

buzarda: barriga, barrigão

sorbete: canudo

bagre: pessoa feia, geralmente mulher

pibe: garoto, jovem

cana: polícia

birra: cerveja

fachero: pessoa elegante, bem vestida

pendejo: moleque, criança