O bilinguismo ou a prática de dois idiomas é benéfico para a saúde do cérebro e um agente importante no antienvelhecimento.

Falar várias línguas retarda o envelhecimento cerebral, diz um estudo recente (Frontiers in Psychology, abril de 2022). O bilinguismo mostrou ter um efeito facilitador na realização de tarefas bem referenciadas para testar a reserva cognitiva e retardar o envelhecimento cerebral. Quanto maior for a duração da aprendizagem da segunda língua e, sobretudo, quanto maior for o nível de competência linguística, melhores serão os resultados.

A definição de bilinguismo é também o uso concomitante de duas línguas por um falante, ou grupo, com igual fluência ou com a proeminência de uma delas.

Os pesquisadores testaram sua hipótese em 63 adultos saudáveis ​​com 63 anos ou mais, sem histórico de distúrbios psiquiátricos ou degenerativos. Todos tinham pelo menos conhecimento parcial de uma segunda língua.

Falantes bilíngues que praticam alternar entre dois idiomas diariamente exercitam seus cérebros sem saber. E que não há idade para começar.


Original: Le bilinguisme, un anti-âge – Por Claude-Vincent (em francês)

Avance mais rápido com um professor

Aprenda idiomas online com um professor particular adequado ao seu orçamento e à sua agenda!

Ver todos os professores →
Compartilhar